O projeto foi elaborado em 2011 e consistiu em uma proposta para o aprimoramento, otimização e ampliação dos serviços que compõem o Sistema de Saúde em Angola. O modelo de atenção base deste projeto foi desenhado a partir do conceito de linhas de cuidado, voltadas para as especificidades de grupos ou necessidades individuais e que oferecem uma visão global das condições de vida dos indivíduos.

O Projeto previa a otimização dos serviços já existentes em Luanda e a implantação de novos serviços, no sentido de fortalecer as estruturas de Atendimento Primário, Secundário e de Apoio Diagnóstico e de Suporte, além da qualificação da prática assistencial, a partir do aprimoramento e complementação dos recursos humanos existentes.

Estruturalmente este projeto se dividiu nas seguintes áreas:

Estudo e descrição do cenário atual com realização de pesquisa de campo nos Serviços de Saúde de Luanda;

Análise de Dados Epidemiológicos disponibilizados;

Análise funcional dos serviços de saúde existentes;

Projeção de Serviços de Saúde por município na Província de Luanda;

Projeção da Rede Intermédia de Saúde em Luanda com dimensionamento do número de unidades para o modelo proposto;

Caracterização dos serviços de Atenção Primária e Secundária: Unidade Primária de Saúde – UPS, Centro de Pronto Atendimento – CPA, Ambulatório Médico de Especialidades de Referência – AME de Referência e Ambulatórios de Especialidades – AE;

Planejamento do processo de implantação dos serviços de saúde planejados para a Rede Intermédia de Saúde na Província de Luanda

Planejamento dos Recursos Humanos necessários para o desenvolvimento das atividades dos serviços de saúde propostos na Província de Luanda

Desenho e planejamento das atividades de Apoio

s10